Te conecta em K7

De todas as vezes que o espírito da Marie Kondo passou por esta casa, NUNCA foi cogitada uma limpa na minha coleção de fitas K7. Foi aí que começou o caso de amor com a música.

Era a década de 80 e eu, pré-adolescente, juntava um tanto de dinheiros para comprar as fitinhas MIX DE HITS que o moço levava pra vender na minha cidade de vez em quando. Era o verdadeiro Spotify ambulante: tinha as opções ‘novela’, ‘sertanejo’, ‘internacional’ e sob encomenda. Minha primeira foi a de ‘rock’ (escolhi porque tinha 7 Vampiras, do Leo Jaime).

Já em SP, foram madrugadas com o dedinho em cima do REC esperando pra gravar as músicas quando tocassem na rádio (xingando o radialista que falava TRANSamérica bem no meio). E mais as que comprei no lançamento, com essa fitinha de zero bala que dava tanta satisfação abrir. Teve a conquista do walkman próprio, emoção jamais superada por qualquer produto Apple.

Aí ganhei um 3 em 1 DUPLO DECK e achei que era o auge tecnológico da vida. Dava pra gravar de disco pra fita, de fita pra fita… era um tal de playlist dançante pra levar na bolsa caso a festa estivesse chata. Teve a vez que montamos uma rádio pra tocar durante o intervalo no colegial e pedíamos para os alunos levarem as fitas já no ponto pra gente tocar (tinha treta de sair na mão, música é coisa séria). Teve fitinha de declaração pro crush (que hoje é marido).

Quando voltou a onda do vinil (mídia esta que jamais abandonei), nem me passou pela cabeça que a fita #K7 pudesse ter um revival. Mas imagina só a ALEGRIA que é ver meu desenho estampado em uma delas, ainda mais com um trabalho tão especial e cheio de significado quanto é o #TeConecta da Pitty. Ela e a Deckdisc acertaram em cheio. E tem tudo a ver porque é disso que a música fala, conexão. Com o passado, com o futuro, consigo mesmo e sua história.

Não sei quantas pessoas ainda tem toca-fitas ou walkman. Mas acho que todos os que passaram por experiências parecidas com essas nos anos 80, 90, e até 2005 quando realmente popularizou o iPod (shuffle, que era um modelo mais acessível), tem no mínimo uma ponta de carinho por esse formato.

Eu tenho de monte, e vocês?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s