AS PALAVRAS TEM FORÇA

Pequenas alegrias em tempos estranhos – ⁠fui citada em uma matéria da Revista Joyce Pascowitch @revistajp para falar de palavras na arte “em poemas, desenhos, livros, pinturas, manuscritos” junto com uma turma de mulheres muito foda: @ondejazzmeucoracao @manabernardes @verenasmit, fontes diárias de inspiração. bom pra não esquecer: a gente vive é de poesia. ⁠

https://issuu.com/jeffleal13/docs/revista_joyce_pascowitch_162

“Desde cedo a arte surgiu como uma forma de expressar os sentimentos que estava vivendo”, recorda Eva Uviedo, argentina que chegou ao Brasil aos 9 anos om a família, depois que o pai, direto de uma companhia de teatro, passou a ser perseguido na ditadura”. “Além de desenhar, sempre gostei de escrever poesia, textos curtos. A minha forma de fazer isso é parte em imagens, parte em palavras. Uso frases como uma maneira de maximizar a ideia do desenho e vice-versa. Me dedico a achar a palavra certa tanto quanto a finalizar um desenho”, explica.

Fascinada por tubarões, Eva compôs a série Sobre Amor & Outros Peixes, onde faz analogias entre seres do mar, como polvos e arraias, e sentimentos. “Pensei no ambiente aquático como aquela distorção que acontece quando a gente se apaixona, e fui explorar possibilidades narrativas”, diz a artista, que ilustra capa de discos, livros e não raro encontra mulheres que tatuam seus desenhos.

Quais palavras não saem do seu vocabulário?
Força e delicadeza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s